Total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de novembro de 2011


POESIA

Efêmera na vida
Nascente do aroma do amor
Jardineira regando flor
Deusa do amor

Vertentes de tentações
Que vertem caricias
Uma leitura compartilhada
Entre amantes e amadas

Um arco Iris de expectativas
Cantiga alegórica das emoções
Anestesiando corações
Alimentando vidas, vivendo paixões

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Rosangela Abreu disse...

" Vivendo paixões...Lindíssimo! "