Total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

FOME

No livro do tempo
Em uma folha em branco
Leio um texto sem titulo
Em letras escuras
Fome
 
Pessoas
Sendo exterminadas  
Absurdamente
Pela fome
Esta doença sintomática
E que tem nome
Fome, fome e fome
 
Tu sempre tu
Miserável fome
Pandemia universal
Amplamente divulgada
E pelos políticos tão explorada
   
     (Orides Siqueira)

2 comentários:

Rosangela abreu de arruda disse...

*** UM LINDO E TOCANTE POEMA POETA PARABÉNS!

Orides Siqueira disse...

Obrigado Rosangela Abreu de Arruda beijo