Total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

CRAPULA

Como vai ser
Quando
Sentires vergonha
Do teu próprio currículo
Ou quando a igualdade
Chutar os fundilhos
Da moral pré-fabricada
 
Perderas
O discurso de conformismo
Ficaras com insônia
E sem trabalho renumerado
Não terás amigo do teu lado
Cataras lixo
E serás mais um favelado
    
       (Orides Siqueira)

2 comentários:

Rosangela abreu de arruda disse...

## LINDO POEMA POETA! ##

Orides Siqueira disse...

Obrigado querida Rosangela Abreu de Arruda beijo