Total de visualizações de página

terça-feira, 25 de janeiro de 2011


SANIDADE

Esqueça toda e qualquer adversidade
Viva livre de ressentimentos
Intensifique as coisas boas e seus melhores momentos
Tenha sem pedir, não cultive a vaidade

Tem aqueles que se machucam nos espinhos
E outros agradecem por dos espinhos nascerem as rosas
A pior filosofia é dos mesquinhos
Não pare abra caminhos

Se plantares flores quando criança
Serás um adulto com delicias da fragrância
A claridade é imortal
Para quem vive com o bem e a moral

Não precisas rezar eternamente
Mas não cultive o mal na mente
O mal que tanto maltrata é atormenta
É o mesmo que aos maus sustenta

( Orides Siqueira)

3 comentários:

VALDENESEMNOGUEIRA disse...

MANDEI,PARA MEUS AMIGOS,LINDISSIMA
E APROVEITA,MEU LINDO POETA,VEJA COMO
VC. É FANTASTICO,TE AMO,E TUDO,QUE VC ESCREVE,SUA ETERNA ADMIRADORA,FÃ
E TUDO,QUE TIVER DIREITO,BJUSSSSSSSSSS

CEIÇA PROCOPIO disse...

Parabens,grande poeta!!!!ceiça

ANDREA VERTERA POETISA ALUCINADA disse...

boa tarde poeta!! lindas tuas poesias é assim que se faz cultura desejo muita prosperidade
ah gostei muito do poema serinidade