Total de visualizações de página

sábado, 8 de janeiro de 2011


AMOR PLATÔNICO

Quero um amor perfeito
Destes de aconchego juntinho no peito
Com paixão e muita ternura
Uma viagem, um sonho, uma aventura

Se preciso for
Vou plantar canteiros de flor
Espalhar faixas e panfletos
Enaltecendo e gritando este amor

Quero amor eterno, revitalizado no diário
Quero amor brutal, forte com ardor
Tem que ser imenso, em fim um grande amor
Platônico como uma atriz e um ator

Muito prazer sem sofrer
Amar para viver nunca para morrer
Amor que te deixe parado indiferente
Ocupando todos os pensamentos e deixando ausente

(Orides Siqueira)

Um comentário:

roseangel disse...

Lindíssimo poeta!