Total de visualizações de página

domingo, 4 de maio de 2014

DESCULPEM-ME

Desculpe
Por ser humano
Sem ser humanóide
Peço desculpa por não ser machista
E por ser macho e odiar racista

Peço desculpa por não ver realitys
E ser realista
Desculpem-me
Por respeitar as diferenças
Sem ser diferente

Peço desculpas por não colocar
Código de barra na minha personalidade
E desculpem-me se firo os insensíveis
Com minha sensibilidade

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Rosangela Abreu disse...

* Sensacional poeta! *