Total de visualizações de página

domingo, 18 de maio de 2014

LUTAS

Sem dardos 
Nem espadas
Suave e descalça
Sem fazer ruído
Deslizas
Pelo saguão da vida

Destilando aromas
De rosa e jasmim
Flutuas
Fechando a porta
Da conexão
Com o passado
E conectando-se
Com o hoje

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Rosangela Abreu disse...

* Lindíssimo poeta!! *