Total de visualizações de página

sábado, 21 de janeiro de 2012


NOSTALGIA

Toma-me uma onda de nostalgia
Desnudando as lembranças
Estranha tristeza

Pensamentos em desalinho
Jogos de equilibrismo
Olhar no nada, cabeça no abismo

Tudo vira ciclos
Em andar em círculos
Momentos em fragmentos

Instantes de desalento
Mente obscura
Sofrimentos sem cura

Silencio como pavimento
No cérebro um estranho lamento
Viagem e mistérios
Coração em sofrimento

(Orides Siqueira)

11 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amigo Orides, acho que a nostalgia é a companheira fiel do homem.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

Orides Siqueira disse...

Pois é Dilmar temos sempre momentos de nostalgia embora não seja muito bom não, mas faz parte, obrigado por a visita !!!

Júllio Machado disse...

Há lembranças boas, também que nunca vão embora.

Abraços!

Orides Siqueira disse...

OBRIGADO POR A VISITA jÚLLIO E SEU AMAVEL COMENTARIO !!!

Anônimo disse...

Breve suspiro...rsss
Beijo na Alma*
Derez

Orides Siqueira disse...

Ha ok é tu Derez obrigado por voltar a interagir guria beijo !!!

JOSILDA disse...

PARABÉNS POETA POR VOCÊ EXISTIR E FAZER PARTE DE NOSSAS VIDAS. BJS.

Orides Siqueira disse...

Obrigado Josilda volte sempre !!!

sisco-mediterraneoblogspot.com disse...

Me gusta lo que dice y sobre todo las fotos que publica, desde ahora puede contar con mi colaboracion, sisco

Orides Siqueira disse...

Gracias amigo que bueno que te gusta algo que hago abraços !!!

Reviragita Poesia disse...

Gosto de todo seu pensar.
Muito.