Total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012




AMOR FEITO TATUAGEM

Dor de amor
Monologo como tatuagem
Viver sem resistir

Minha voz se embarga
Meu olhar se volta
Fundindo meus sonhos

Os lábios se silenciam
A liberdade dança descalça
Olhares com pupilas embaçadas

Não sinto nem vejo mais nada
Meu horizonte se encontra com o infinito
Fico sem paz, sem estrada

Tudo fica soando indecente
Quando estamos do amor descrente
Neste labirinto que se cria na mente

(Orides Siqueira)

11 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Orides, este poema é composto de belos versos musicais.
Amigo, em relação ao poema do dia 08, tu não tens medo de arrumar briga com as morenas e com as ruivas?
Eu, por exemplo, compraria briga com as morenas e as loiras, pois sou fissurado nas ruiva!
Ah, boa a referência do Jullio Machado sobre o filme estrelado pela Brigite Bardot, aliás, naquela época, a atriz era literalmente um desbunde! Tu não concordas?
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

Orides Siqueira disse...

Claro, claro como ja falei antes a BB era o sonho da nossa juventude, cada vez que viamos uma loira bonita a associação era imediata a BB, alias bons tempos aqueles, ha outra coisa eu tambem ecrevi para as morenas, as baixinhas,as mulatas alias te recomento a ler a mulata que penso ter ecrito uma bela poesia abcs e volte sempre

Júllio Machado disse...

Caro, Orides,
Obrigado pela ilustre presença em meu blog.

Muito bem inspirado esse "Amor Feito Tatuagem".

É, meu caro, tem amor que tatua alma pra sempre...

Até!

Orides Siqueira disse...

É júllio tem uns que ficam como tatuagem na alma e no coração se tornando impçossivel de remover se é que queremos remover, obrigado Jullio !!!

cheia de charme disse...

Amor feito tatuagem adorei, parabens seu espaço é mágico poeta, bjos

Orides Siqueira disse...

É normalmente o amor é sempre uma tatuagem só que no coração, porque sempre independente da proporção ele fica e marca sempre embora as vezes até não admitimos mas é SIM mais uma tatuagem no coração !!!

Anônimo disse...

Só quem viveu entende...rsss
Muito bom poeta!

Beijo na Alma*
Derez

Orides Siqueira disse...

Obrigado Derez, volte mais vezes guria beijo !!!

anazuleika disse...

Só agora tive tempo para para visitar teu blog.
Teus poemas são lindos, emocionantes, Acalmou meu coração. "Não deixe de enviá-los para mim."
Tens um dom especial... obrigada por ser meu amigo e Deus te conserve sempre assim.... seja feliz nos seus sucessos...
E tenha a felicidade de obtê-los.
Bjs da amiga anazuleika

Antonio Marcos Abreu de Arruda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosangela Abreu disse...

" Sempre lindo poeta!! "