Total de visualizações de página

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012


AMANTE DESGARRADO

Crio muros
Mas não consigo manter-me seguro
Estou sem intelecto e imaturo

Diluo-me em vapores do tempo
Vivo em ciclos errantes
Sou este triste cavaleiro andante

Estou desgarrado
Um sorriso invade a mente
E soa como um gemido solitário

Um forte desejo
Invade minha memória
É a doce saudade da nossa história

Fico abraçado na saudade
Com a sátira sombra de tua ausência
Distraindo meus pensamentos

(Orides Siqueira)

11 comentários:

hortencialopes disse...

PARABÉNS! O POEMA "AMANTE DESGARRADO"
É SEM DÚVIDA UMA LINDA OBRA POÉTICA.
UM ABRAÇO!

Orides Siqueira disse...

Pois é sabes que quando se escreve algo de imediato nossa autocritica ja nos dita se saiu um bom trabalho ou não e penso que aqui eu acertei porque logo achei que tava bonito e pronto !!!

Diná Fernandes de Oliveira Souza disse...

E acertou mesmo, o poema apesar de saudoso, a composição é bela!

bjs no coração poeta!

Orides Siqueira disse...

Obrigado Dina sempre muito amavel beijos guria !!!

Anônimo disse...

"Com a sátira sombra de tua ausência" matou a pau meu amigo poeta, amei!
Beijo na Alma*

Orides Siqueira disse...

Obrigado por seu comentario embora tenha sido anonimo, volte sempre !!!

Orides Siqueira disse...

Mais a frente vi ser esta anonima a minha querida amiga de anos "Derez" obrigado guria volta sempre estava com saudades tua !!!

Júllio Machado disse...

Mais um texto bem inspirado, meu caro poeta.
Mas comentando o seu comentário, supracitado, você diz que percebeu que o texto estava bonito e pronto.
No entanto, às vezes, aquilo que consideramos uma bela inspiração; uma verdadeira alumbramento, para muitos leitores passa despercebido; não tem o mesmo teor poético que julgamos ter. Mas seguimos, seguimos a nossa saga literária.
Abraços!

Orides Siqueira disse...

JÚLLIO realmente você tem razão porque nem sempre é acompanhado o nosso raciocinio e as vezes as pessoas veem por outro parametro ou seja por raciocinio diferente o que é super normal porque ninguem é exatamente igual e tambem não entendem a linha de raciocinio por não saber em que estavamos pensando naquele momento, valeu abcs e aparece sempre !!!

Júllio Machado disse...

Correto.Creio que essa reação do individuo se chama idiossincrasia. Isso é interessante pois mostra a particularidade cultural, a singularidade, a sintonia, ou estado de espírito de cada de interpretar o "Objeto" analisado. As reações só não podem ser disparadamente assimétricas ao contexto.
Abraços!

poeta-Orides Siqueira disse...

Júllio meu caro e culto amigo obrigadissimo por sua visita com cada uma delas aprendo um pouquinho abcs !!!