Total de visualizações de página

domingo, 18 de dezembro de 2011






PARTÍCULAS DE FANTASIA

Diluído em sonhos e aspirações
Em meu casulo de ilusões
Pensamentos a vagar
Como pássaro
Que sem saber por que vive a cantar

Como folha ao vento
Voando ao relento
Sem destino nem peso
Volto a realidade
Assustado, surpreso

Um grito da vida
Intacto e transparente
Coisas imperceptíveis
Profundidade de pensamentos
Entre risos e lamentos

Partículas de fantasias
Com a cabeça embaixo da asa
Como pássaro sem ninho nem casa

(Orides Siqueira)

9 comentários:

Reviragita Poesia disse...

Esse pássaro sem ninho nem casa,
vive a poetar coisas lindas.
Quando eu crescer,
quero ser poeta como você,
Orides.
Paz e Poesia,
Cecília Fidelli.
- Ou simplesmente Ci.

Orides Siqueira disse...

Obrigado por sua gentilesa querida Ci.

Janaina Cruz disse...

As partículas de fantasia colorem a nossa realidade mais bonita.

Amei o teu blog, sigo-o com prazer

Abraços e ótima semana

Zilani Célia disse...

OI ORIDES!

LINDOS VERSOS,SENSÍVEIS,SEM CONFUNDIR TUA INSPIRAÇÃO COM A REALIDADE, DIGO QUE ESTE PÁSSARO ESTÁ
PRECISANDO VOAR ALTO, SE REVIGORAR, TIRAR A CABEÇA DE BAIXO DA ASA E PROCURAR SEU NINHO...
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

Orides Siqueira disse...

Obrigado Janaina por seguir meu blog e a casa é nossa sinta-se a vontade, gostaria muito de seguir contando com sua presença por aqui.

Orides Siqueira disse...

Zilani gracias mil por sua presença e seu amavel comentario, volte sempre

ANGELICA PAZERA disse...

GOSTEI , ENTREI RAPIDINHO.
DEPOIS ENTRO COM MAIS TEMPO

Orides Siqueira disse...

Obrigado Angelica a casa é nossa volte !!!

Rosangela Abreu disse...

### LINDÍSSIMO POETA!! ###