Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011




NANET


Esta na rede aparece na tela
Clica em sim
Olha e espera
Abre e fecha janela


Fiz um back up do meu coração,
Pra ter acesso a dados da memória,
clicar no ícone da tela transitória,
Quanta marra nessa história


Mesmo em grandes distâncias
Nunca perde a substância
Brincamos com arrogância
Rimos e execremos a ignorância


Coisa boa que invento
Mais nosso livro
Foi jogado no esquecimento
Desconverso, excluo e não esquento


Internet tudo esta na net
Uns mentem
Outros são displicentes
Mas é lugar de gente inteligente


O energúmeno da metamorfose sem querer
Num clicar vai aparecer e desaparecer
Nesta feira livre do saber
Tudo é virtual pode esquecer


Somos como loucos por chocolate
Temos um rato que fala e late
Um universo na frente um disparate”


(Orides Siqueira)

2 comentários:

A Página da Vida disse...

Orides esse belo NANET foi demais, tanto que dei publicidade em meu blog apaginadavida.


A vida é uma constante batalha, na qual devemos mostrar nosso valor. (Plauto).

Bom 2012, saúde, paz e muito amor. Saudações e abraçosSR!!!

Orides Siqueira disse...

Sabe amigo Plauto, que estive em seu blog e deixei lá meus agradecimentos que tambem os faço aqui obrigado,obrigado e muito obrigado