Total de visualizações de página

sábado, 21 de maio de 2011


BARATAS EMOÇÕES

A rosa tem espinho e é usada como carinho
Culpo ilusões
Coisas de baratas emoções
Como pássaro que faz ninho de espinho

Quando escolhemos mal
Sempre queremos ser o santo
Incompreensões e períodos de crise
Se for ruim joga num canto

São emoções que consentimos
Não obrigatoriamente o que sentimos
É o reverso do amor o espinho da flor
Coisas do desamor

Não podemos fazer nada absolutamente nada
Existem vários caminhos e uma só estrada
Com ódio,magoas ou intoxicado
Voltamos a ficar enamorados

Mas nosso ego nos diz
Sorria podemos sim ser feliz
Se perder um amor
Não se perca

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Reviragita Poesia disse...

Poetamigo Orides,
minha visitinha habitual.
Gosto muito do seu blog
e demais dos seus escritos.
Ci.