Total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

BANDEIRA DO FRACASSO

Com medo do invisível
Sou
Engenheiro
De prédio caído
Um tributo a rosa murcha
Um reflexo de sombra infinita
Exemplo de grito calado
 
Uma bandeira do fracasso
Mentiroso e equilibrista
Poeta infame e oportunista
Um pobre coitado metido a anarquista
Admito todos e cada um de meus defeitos
Porque sou um ninguém
E ninguém é perfeito
   
        (Orides Siqueira

Um comentário: