Total de visualizações de página

terça-feira, 14 de junho de 2011




VENCEDOR


A pobreza é pobre
Por exercitar o silencio da subserviência
Um demasiado excesso de paciência
Sem serem respeitados, buscam só a sobrevivência

Silenciosamente como um céu de nuvens brancas
Agindo como se fosse dinheiro falsificado
Precisam de testemunhas para provar a verdade
Sem vóz, mendigam valores da sociedade

Indicam o nome de outros para se apresentar
Em lugares públicos pedem licença para sentar
Sem autoconfiança são miseravelmente rejeitados
A subserviência é um mal, que temos de rejeitar

Isto não conta ponto a seu favor
Em vez de sentir vergonha seja lutador
Engrosse a voz, encha o peito e mostre valor
Não se omita, chegue forte, você pode ser vencedor

Não espere por lei ou decreto
Tenha objetivo, grite, faça o certo
Não é só limpar o suor da testa
Faça acontecer seja o dono da festa

(Orides Siqueira)

3 comentários:

VALDENESE disse...

MILLLLLLL, SEM PALAVRAS VC. É O MEU
IDOLO, SUAS POSIAS, MEXE COM A ALMA
BJUS. AMIGO ORIDES

Reviragita Poesia disse...

Sempre visito seu blog, meu amigo.
É excelente.
Gosto dos seus escritos.
Bele trabalho.
Quando eu crescer ainda vou ser -
poeta mesmo - poeta assim!
Bj.
Ci.

Armando Morais disse...

Parabéns amigo poea bela inspiração,Abraços Armando Morais, quando houver tempo espero que aprecie meu blog.