Total de visualizações de página

sábado, 25 de janeiro de 2014

  AUTISTA

Chegou
No coração
E abriu as portas
Para ventilar o espaço
E embriagar de emoções
    
Ali pensativo
Com a boca semi aberta
Como quem olha perplexo
A infinidade das coisas
 
Como dividindo
Sua naufraga ausência
Como quem esta presente
Sem marcar presença

É.....
No mar da vida
São as mesmas conclusões
Nos unindo nesta caricia universal
Porque
Somos todos iguais
Mesmo que diferentes 
  

    (Orides Siqueira)

2 comentários:

Rosangela Abreu disse...

" Sensacional poeta! "

Orides Siqueira disse...

Gracias amiga Rosangela de Abreu beijo