Total de visualizações de página

sábado, 18 de janeiro de 2014

DECLARO-ME VIVO

Sei que o impossível
Esta sempre a disposição
Basta ter ação

Declaro-me vivo
E saboreio meus atos
Atrevendo-me a ser como sou
 
Sou guerreiro
E minha espada é o amor
Meu escudo é a coerência

A felicidade
A alguns é insuportável
 
Minha opção é a imaginação
E não existe necessidade
Que não seja necessária
Porque na vida
É mais importante
Amar
Que desfrutar
 
  
    (Orides Siqueira)

  

2 comentários:

Rosangela Abreu disse...

Sensacional poeta!!

Orides Siqueira disse...

Obrigado Rosangela de Abreu beijo guria