Total de visualizações de página

domingo, 15 de dezembro de 2013

    MADIBA  MANDELA

Transformava ódio em amor
Unindo almas sem importar a cor
Desafiou o rude apartheid
E venceu o rancor

Morreu um homem
Paz ....era seu sobrenome
Mesmo onde não havia amor
Em vez de guerras
Semeava flor

Disse
Cadeia é cova
Do começo ao fim
Eu agradeço aos Deuses
Mas em especial
Ao Deus que habita em mim
 
Este lugar
É um mar de lagrimas
Mas nada me faz perder a calma
Mesmo aqui
Sou o mestre de meu destino
E capitão de minha alma
 
Poeta...
Pensador
Ele era
Madiba ,Mandela
Paz e amor
  

    (Orides Siqueira)