Total de visualizações de página

sábado, 2 de novembro de 2013

Quem ler jamais vai imaginar o quanto foi dificil descrever de uma maneira sutil sem palavras apelativas ou pesadas espero que gostem

FLOR DO ÉDEM

Suculenta
Rainha das flores carnais
Flor de paredes aveludadas
Recanto de prazer a nós animais
 
Privilegiada flor
És o cume do amor
É despojada
Esta flor desejada
 
Única do jardim do éden
Morada de beija-flor
Em seu abre e fecha rítmico
És a bonança do amor
  
Sedutora
Venerada e desejada
Caliente em seu interior
Com pétalas que trocam de cor
  
       (Orides Siqueira)

2 comentários:

Rosangela Abreu disse...

## SENSACIONAL POETA! ##

Orides Siqueira disse...

Muito obrigado por tua presença querida Rosangela Abreu beijo no coração guria !!!