Total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de maio de 2013


  CORAÇÃO  CARENTE

As vezes nos conter não é o suficiente
Porque mesmo contido seguimos carente
 
As vezes falar não é o suficiente
E só uma simples descarga de palavras
Que deixam surdos ouvidos carentes
 
As vezes chorar não é o suficiente
É somente desvelo isolado
De quem chora desolado
Sem brilho,sem paz e desconsolado
 
As vezes  gritar não é o suficiente
Porque essa voz que verte de maneira grotesca
Devia permanecer calada
Para evitar ser mal interpretada
 
As vezes escrever não é o suficiente
É apenas um derramamento de versos
Para deixar a alma em sossego por uns momentos
Deixando o coração ao relento
   
         (Orides Siqueira)