Total de visualizações de página

domingo, 26 de maio de 2013

NÃO SIGA-ME

Deixe-me caminhar só
Nem que as pedras do caminho
Marquem meu pés

Quero andar descalço
Para criar bolhas de duvidas
Sem o auxilio de bengalas imaginarias
Nem apoios fictícios

Quero rasgar as linhas do medo
E arrastar projetos escuros
Sem ouvir gritos de guerra
Quero andar descalço
Para entranhar-me nos sulcos da terra
  
       (Orides Siqueira)