Total de visualizações de página

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011


PRECE AO AMOR

Sou este cavaleiro persistente
Dentro desta armadura de crente
Cavalgo em noite sossegada
Sobre pétalas de rosas perfumadas

Cavalgo sem dragão nem santo
Armado do amor em busca do encanto
Sou um soldado que por amor chora
Por amar, por paz implora

Por este amor sofro tanto
O fruto do espírito santo
Senhor escuta do amor esta prece
É o que mais meu coração apetece

Sem arena nem nações
Só quero do amor os clarões
Amados sofrem mais não se abatem
E com o amor voltam ao combate

Temos forças mais não temos escudos
Chega o amor e ficamos mudos
Ficamos inertes a pensar
Só queremos amar e amar

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Rosangela Abreu disse...

### AMAR E AMAR! LINDÍSSIMO! ###