Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de julho de 2014

LAGRIMAS AO SOM DE VIOLINS

Livre
Como partículas de pó ao vento
Cantarolando versos
Para acordar os sonhos

E entre lagrimas
Derramadas de violins
Ouço um coro de vozes em silêncio

Acaricio o ar
E conto-lhe historias de amor
Viajando entre Gardel e Piazzolla
Arantes e Tom Jobim
Distribuindo pétalas
Deste amor que brota mim


(Orides Siqueira)

Um comentário: