Total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de julho de 2014

DUALIDADES DO AMOR

Um limite 
Um ideal
Infinito sem horizonte
Um risco vertical
Dois mundos diferentes
Entre pecar
E ser prudente

Sair e voltar a entrar
Estar e não estar
Transparente quando tentam tocar
Assim coma a felicidade
O amor
É uma gostosa dualidade

(Orides Siqueira)

2 comentários: