Total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de outubro de 2011


A MAGIA D”OLHAR

Seu olhar caiu em mim como fogo intenso
Com tanta intensidade que extrapolou a própria verdade
Que tudo aquilo que já vivia em meu coração
Passou a ser sua propriedade

Realmente não sou capaz de descrever as sensações
Nem lidar com fortes emoções
Ao verme despossuído de forma tão avassaladora
Uma sensata e profética correlação

Passei a viver um estado de graça singular
Sem nunca pegar, beijar, apenas o flesh de um olhar
Penso ter chegado ao clímax de minha existência
Ao ficar com cor pálida e fria aparência

Não mais compreendo nem entendo esta confusão
Uma armadilha insensata do meu coração
A cabeça povoada de todas as intenções
Seria então o paraíso, um beijo, um sorriso

(Orides Siqueira)

2 comentários:

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Buenas noches Orido, le invito a quedarse a mi lado, en un blog muy especial cuya administradora también es especial, monja de clausura de la Orden de predicadores y poeta
Con ternura le recibo
Sor.Cecilia

Orides Siqueira disse...

Muy gracias Cecilia si por supuesto estare a tu lado in tu blog con mucho gusto !!!