Total de visualizações de página

quinta-feira, 15 de abril de 2010


CORAÇÃO FELIZ

Meu amor
Povoa meu pensamento
Mesmo que esteja atento
Me sinto tonto
Não agüento
Não sei se é infinito esta chama
O coração de quem ama
É uma máquina louca destemperada
Em batida acelerada
Parece o relógio da matriz
Estou amando
Estou feliz
Não posso dizer nada
Sei que é só de ida esta estrada
Cheia de emoção
Outra disparada
Deste maluco coração
Como vou fazer
Não vou agüentar
Tanta emoção
Agora tenho certeza
É mesmo louco meu coração
(Orides Siqueira )

Um comentário:

Janetinha disse...

Lindo poema! Parabéns!