Total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

ESTUPIDEZ HUMANA

O homem caminha
Em uma superfície submissa
E se deixa absorver
Pelo pântano
É uma pedra que se afunda
Sem grito nem resistência

Acomoda-se ao lugar comum
Perde o habito de dialogar
Habita o silêncio
Comunica-se pelo face
Critica a globalização
Mas vota sempre na situação
O País
Passa a ser um pirulito
Que por ser doce ele consome

(Orides Siqueira)

2 comentários:

Rosangela abreu de arruda disse...

** Bem assim poeta!! Parabéns!!! **

Orides Siqueira disse...

Beijo Rosangela Abreu