Total de visualizações de página

domingo, 31 de agosto de 2014

SEDUÇÃO

A sedução
É um bolero
Que dançamos devagar
 
Uma sinfonia
De sussurros ao ouvido
Onde um te quero
Dança ao som de um te amo
 
E uma silueta presunçosa
Desnuda o amor
   

            (Orides Siqueira)

4 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amigo Orides, disseste muito em poucas palavras. Eis o poder da síntese poética.
Um abração. Tenhas uma ótima semana.

Orides Siqueira disse...

Abraço grande poeta Dilmar Gomes, meu muito obrigado por tê-lo sempre por aqui meu orgulho de ser seu amigo e contemporâneo

Rosangela abreu de arruda disse...

Adorei!!! Muito lindo poeta!!!

Orides Siqueira disse...

OBRIGADO QUERIDA AMIGA ROSANGELA DE ABREU BEIJO NO CORAÇÃO