Total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de março de 2014

PELE

A pele
É um cálido universo
Salpicado de estrelas escondidas
Onde as gemas dos dedos
Esculpem palavras desconexas

E a pele acariciada
É a única
Que pode interpretar
Este telegrafo de toques

(Orides Siqueira)

Um comentário:

Rosangela Abreu disse...

// Lindíssimo poeta!! //