Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de junho de 2012






SALTO ALTO DO FRACASSO

 

Um milhão de olhos curiosos

E uma mulher descomposta e desarticulada

Imóvel nua em minha calçada

Com  entranhas a explicitar

 

Minha ansiedade aquece o asfalto

Vendo  assim, nua e de sapato de salto

Vejo pés mãos e ângulos da face

Penso será uma peça uma nuance

Ou estou olhando mal, um relance


Que isto, que acontece na rua

Será  apenas uma mulher nua

Que não queria ficar descalço

Ou  uma edificação  do holocausto

 

Entre paginas rasgadas vejo seu nome

Com um sublime e sublinhado NÃO

Devo ter interpretado mal

Mais uma vez erro da minha visão


Insisto e entendo

O NÃO que eu ali estava lendo

Seria NÃO quero mais ser drogada

NÃO,NÃO, Chega de ser o fracasso da fracassada

SIM preciso ser internada

 

       (Orides Siqueira)

8 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Mais um poema bem escrito, meu amigo Orides.
Um abraço. Tenhas um bom fim de semana.

Orides Siqueira disse...

Muito obrigado DILMAR pela passada em meu blog e amavel comentario !!!

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

Eu a pouco tempo vi uma mulher nua na rua,até então nao sabia como expressar a dor que isso me causou. Teu poema traduziu....obrigada!


(claro que junto com Dilmar, tenho mais um poeta a admirar)


Abraço

may lu disse...

Bom dia!
Quão bom é quando chegamos a uma sábia decisão... Quantos tombos precisamos tomar? Para esse despertar!
Beijos!

Orides Siqueira disse...

Obrigado MARGO te espero mais vezes por aqui, obrigado pela visita !!!

Orides Siqueira disse...

Obrigadissimo MAY LU por ter passado no meu blog, te espero mais
vezes por aqui !!!

JOSILDA disse...

As veses precisamos de grandes tombos para aprender enfrentar cada fracasso,as veses um SIM ou um NÃOfas toda diferença. obg. boa noite..............

Orides Siqueira disse...

Obrigado eu JOSILDA por sua amavel presença por aqui !!!